FECHAR X

Aprenda inglês agora!

Preencha os campos abaixo:

Voltar

Cadastre-se com:

ou clique aqui

Aprenda mais

O que esse apóstrofo está fazendo aí?

Vamos aprender como usar o apóstrofo no inglês?

Esse post é para que você nunca mais fique boiando quando se deparar com o apóstrofo (apostrophe). É só um simbolozinho, mas pode dar um nó na cabeça de quem está aprendendo, não é? Então vamos lá!

Como usar o apóstrofo em inglês

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTRAÇÕES

  •     O apóstrofo é muito útil para deixar mais simples as frases com o verbo ”to be”. Veja:

Ao invés de I am (eu sou/estou), posso escrever I’mYou are (você é/está / vocês são/estão) fica you’reHe is (ele é/está), she is (ela é/está) e it is (isso é/está) transformam-se em he’s / she’s / it’s. Para we are (nós somos/estamos) e they are (eles são/estão) é o mesmo: we’re e they’re.
Exemplos:
I’m tired. (Eu estou cansado.) /  She’s very young. (Ela é bastante jovem.) / They’re working here. (Eles estão trabalhando aqui.)

 

  •     O apóstrofo também dá uma ajudinha para a forma contrata do futuro simples com o auxiliar “will”:

Ao invés de pronome + will, coloca-se pronome + ‘ll. Veja: I will = I’ll. Fica o mesmo para todos os pronomes; youheshe etc.
Exemplos:
I’ll help you tomorrow. (Eu vou ajudar você amanhã.) / She’ll be there at 4pm. (Ela estará lá às 16h.)

 

  •     No lugar do auxiliar would, o apóstrofo + d também é muito usado:

Ao invés de I would like (eu gostaria), por exemplo, diga I’d like. Assim como o will, também fica igual para todos os pronomes.
Exemplos:
They’d travel if they could. (Eles viajariam se eles pudessem.) / She’d love to receive flowers. (Ela amaria receber flores.)

 

  •     Nos perfect tenses, também há a possibilidade de contração para os auxiliares have e had.

Pronome + have fica pronome + ‘ve:
I have / I’ve worked all day today.  (Eu trabalhei o dia todo hoje.)

Pronome + has fica pronome + ‘s:
He has / He’s studied so much for the test! (Ele estudou tanto para o teste!)

Pronom+ had fica pronome + ‘d:
I had / I’d called him before I arrived home. (Eu havia ligado para ele antes de eu chegar em casa.)

** Se você está se perguntando como vai saber quando ‘d significa would ou had, as suas dúvidas acabaram.

Would (‘d) é acompanhado pela forma do verbo no infinitivo sem to, enquando had (‘d) vem acompanhado do particípio do passado do verbo. Veja:

Verbo: to love
infinitivo sem to: love / particípio do passado: loved
Exemplos:

would love – I‘d love to see you tonight. (Eu amaria ver você hoje à noite.)
had loved – She‘d loved her husband her whole life. (Ela havia amado o seu marido a sua vida inteira.)

 

  •      O apóstrofo está sempre disposto a “negar”. Ele gruda no verbo to be e nos verbos auxiliares e modais para encaixar o not. Veja alguns exemplos:
Is + not = isn’t – He isn’t my friend. (Ele não é meu amigo.)
Are + not = aren’t – We aren’t working. (Nós não estamos trabalhando.)
Do + not = don’t – I don’t like peaches. (Eu não gosto de pêssegos.)
Did + not = didn’t – She didn’t see me. (Ela não me viu.)
Will + not = won’t – He won’t show up at home. (Ele não vai aparecer em casa.)
Would + not = wouldn’t – We wouldn’t do that. (Nós não faríamos isso.)
Can + not = can’t – They can’t sing. (Eles não sabem cantar.)

 

GENITIVO

  •     Também usamos o apóstrofo para o genitivo, que não é uma contração.

Nem sempre o s de ‘s é o verbo to be conjugado is, nem o auxiliar have. Ele também simboliza o genitivo, ou caso possessivo, que diz que algo é relativo ou pertence à alguém ou alguma coisa. Veja:

Sarah’s clothes are beautiful. (As roupas da Sarah são lindas)
Tonight’s concert will be awesome. (O show de hoje à noite será ótimo.)
The table’s leg is broken. (A perna da mesa está quebrada.)

 

Tamara Santana
Escrito por Tamara Santana

Deixe o seu comentário